Para aqueles que estão começando agora no scrap ou no mundo das carimbadas, segue uma dica preparada por mim para o site Scrapbookbrasil.com, em maio/2010.

*****

Quase todo mundo aqui ama carimbos, não é? Eles têm imagens lindas e embelezam bastante os projetos. Na hora de carimbar, todo mundo erra às vezes. Algumas pessoas têm mais dificuldade quando estão começando. Carimbos grandes ou muito detalhados podem ser difíceis de carimbar, mas alguns cuidados e técnicas podem ajudar a conseguir uma imagem nítida e sem borrões.
Aqui vão algumas dicas:

– Carimbar sobre uma superfície sólida, plana e lisa. Não deixar nada por baixo do papel que vai ser carimbado. Às vezes um pedacinho de papel que fica por baixo, prejudica a carimbada.

– Normalmente é mais fácil aplicar a carimbeira no carimbo, e não o contrário, principalmente quando se usa carimbeiras pequenas e carimbos grandes. Dê leves batidinhas sobre o carimbo, com a superfície da almofada bem perpendicular ao carimbo, distribuindo a tinta uniformemente sobre o desenho em relevo:

– Se o carimbo for pequeno, pode ser mais fácil passar o carimbo diretamente sobre a carimbeira, pressionando (sem exagero) o carimbo sobre a almofada:

– Não aperte muito a carimbeira no carimbo na hora de passar a tinta, lembre-se que o objetivo é passar tinta somente nas linhas em relevo do desenho do carimbo. Se apertar ou passar tinta demais, o excesso de tinta vai entranhar nas ranhuras do carimbo e sujar também a área em volta do desenho, o que pode borrar a imagem na hora de carimbar:


Tinta aplicada corretamente


Excesso de tinta

– Antes de carimbar observe se todo o desenho está coberto com tinta. Se houver áreas sem tinta, reaplique. Carimbos novos podem levar um tempo até que “aceitem” a tinta distribuída uniformemente.


Carimbo com área seca, sem tinta aplicada


Carimbada falha por falta de tinta

– Se achar que ficou com tinta demais, dê uma carimbada em um papel de rascunho, antes de carimbar no seu projeto, para retirar o excesso.

– Observe também se há tinta na parte lisa do carimbo, por fora do desenho.

Se houver, limpe com um lencinho ou cotonete, para evitar que borre na hora de carimbar.

Se não limpar, pode acontecer isso:

– Na hora de carimbar, respire fundo, procure apoiar os braços e as mãos para segurar o carimbo firmemente, posicione-o e aplique sobre o papel, pressionando com firmeza, porém sem apertar demais:

– Segure o carimbo posicionando as pontas dos dedos de forma que consiga aplicar pressão uniforme em toda a superfície do carimbo, porém evitando que o carimbo escorregue e se mova para os lados.

Certo

Enquanto carimba, NÃO balance o carimbo para os lados pressionando uma área mais que outra, isso vai fazer com que a imagem fique distorcida ou com a tinta “espalhada” em algumas áreas. Basta aplicar pressão uniforme por todo o carimbo, com as pontas dos dedos.

Errado

– Levante-o em seguida de uma vez, para cima, sem deixar escorregar para os lados, para não borrar:

– Quando se aplica pressão em pontos isolados ou se deixa o carimbo escorregar para os lados, a imagem pode ficar deformada, com linhas mais fortes em determinadas áreas, e mais fracas e borradas em outras:

Quando a pressão é aplicada uniformemente e com firmeza, sem exagero e sem mexer o carimbo, a imagem fica nítida e perfeita:

– Carimbos com desenhos grandes e com grandes áreas preenchidas, necessitam de mais tinta e de mais pressão na hora de carimbar:
 

– Carimbos pequenos e com linhas finas e delicadas precisam de menos tinta e menos pressão na hora de carimbar:
 

– Para clear stamps, na minha opinião vale a pena investir em uma base de acrílico própria para eles:

É possível carimbar com bases alternativas, como capa de CD ou qualquer tampinha de caixinhas de acrílico, porém as bases próprias têm espessura e peso maior, além de um formato mais adequado, possibilitando uma “pegada” melhor. Fica mais fácil distribuir os dedos para pressionar de maneira uniforme e ter mais precisão na carimbada. Consequentemente, fica mais fácil obter um bom resultado, com imagem nítida e sem borrões.

Eu notei uma diferença grande depois que passei a carimbar com a base própria para clear, mas isso não significa que não é possível carimbar bem sem a base própria, apenas acho que fica mais fácil. Cada um tem seu jeito e o ideal é fazer como nos adaptamos melhor.

A melhor forma de alcançar bons resultados nas carimbadas é treinar muito. Não deixe para carimbar só na hora de fazer o seu projeto! Pegue seus carimbos e tintas, folhas de rascunho e brinque bastante, tentando de diferentes formas e com diferentes tipos de carimbo e de tinta. Carimbar é uma delícia e você ainda pode aproveitar as carimbadas de treino que deram certo, guardando-as para utilizar em projetos depois.

Beijos!

Posts relacionados

Tagged with →  
Share →

12 Responses to Dicas básicas para carimbar sem erro

  1. Ah, Luciana, amei esse post. Estava realmente precisando de algumas dicas.
    Mas queria saber como você limpa seus carimbos.
    Bjsss

    • Luciana Murta disse:

      Oi Erika, eu limpo com lencinho umedecido de nenem. Mas existem líquidos próprios também, inclusive que limpam as tintas que mancham.

      Beijos e obrigada!
      Lu

  2. gostaria de saber se posso carimbar papel,pra usar como scrap?grata cida motta

  3. Kayllyanny disse:

    Olá, Lu, gostaria de saber se posso comprar tinta acrílica para colocar na almofada do carimbo.
    Obg ;*

    • Luciana Murta disse:

      Oi Kayllyanny! Eu acho que não deve colocar a tinta acrílica na carimbeira, nunca fiz isso, mas imagino que a tinta vá secar. Mas você pode manter a tinta no seu potinho original e na hora de carimbar, passa no carimbo com um pincel ou esponjinha. E limpe bem o carimbo depois, pra tinta não secar lá.

      Beijos! :)

      • Kayllyanny disse:

        É que eu queria uma tinta dourada e acabei não achando. Você saberia me dizer que tintas douradas seriam boas para o carimbo?
        Falei da acrílica pq vi alguém vendendo dela e falando q seria bom para carimbos, achei estranho, enfim.

        Obrigada pela ajuda, bjs

        • Luciana Murta disse:

          Eu tenho uma dourada da Dew Drop, Brilliance, cor Galaxy Gold e acho linda.

          Se quiser usar a acrílica, faça como eu falei, passe no carimbo com uma esponjinha, assim não tem problema.

          Beijos!

  4. Ana Claudia disse:

    Comprei mini carimbeiras e chegaram secas. São a base de água. Tem algo que posso fazer para resolver esse problema?

    • Luciana Murta disse:

      Ana Claudia, não sei te responder com certeza, mas acho que se estão secas, não tem como recuperar. Fale com a loja que te vendeu, talvez troquem ou te orientem sobre o que fazer.

      Beijos!

  5. Rayane disse:

    oii eu queri saber oque eu faso se a minha almofadinha ficar sem tinta?

    • Luciana Murta disse:

      Oi Rayane! Algumas marcas vendem o refil de tinta para você pingar na carimbeira. Se não for o caso, aí tem que comprar outra mesma rs rs. Beijos!

Tem algo a dizer? :)

Todos os direitos reservados

© Luciana Murta 2018