Cumprindo o compromisso de criar as primeiras tags inteiramente desenvolvidas por mim, ilustração e texto.

Semana passada eu falei sobre o meu compromisso, meu desafio a mim mesma, de cumprir pequenos objetivos semanalmente, já seguindo as dicas do curso que eu estou fazendo (o Decola Lab). Ideias e projetos que já estão na fila faz tempo, mas por vários motivos (a maioria deles não justificáveis) nunca saem. O primeiro desses desafios era criar uma tag inteiramente feita por mim, ilustração e texto. Eu não só falei sobre esse compromisso como também mostrei, por escrito, marcado na agenda. E… aqui está, missão cumprida : ) 

Olha, vou ter que falar para vocês que não foi fácil e que eu já estava pensando em vir aqui e explicar que não tinha conseguido… Sério, já estava escrevendo o texto na minha cabeça. Estava muito mais difícil de sair do que eu tinha imaginado, pensei que estava errada de ter inventado isso, que não tinha jeito, que nem estava mais com vontade de fazer ilustrações. Mas resolvi não desistir , porque afinal era esse o objetivo de ter me desafiado e marcado na agenda, né? Resolvi que eu tinha que cumprir e mostrar, nem que fosse para decidir logo em seguida que não ía mais querer fazer ilustrações. E foi nesse quase desistir e depois insistir mais um pouquinho, que as coisas começaram a sair.

Cumprindo o compromisso de criar as primeiras tags inteiramente desenvolvidas por mim, ilustração e texto.

Não ficou perfeito do jeito que eu imaginava, mas é esse ideal de perfeição que eu estou tentando superar, é ele que me atrasa, me deixa paralisada, não é de hoje. Longe de defender fazer mal feito, viu? Não se trata disso, e sim de idealizar menos e amar mais o que é possível, o que é real, o que é característica tão bela do trabalho artesanal. Deixar de lado aquela sensação de que nunca está bom o suficiente para ser mostrado, para ser levado em frente. Eu gostei, são simples mas fofinhos, ficaram legais e foram feitas por mim, como eu queria.

Cumprindo o compromisso de criar as primeiras tags inteiramente desenvolvidas por mim, ilustração e texto.

Usei alguns desenhos e nomes em aquarela que vinha fazendo há algum tempo, coloquei no computador, brinquei com eles.  Fiz duas tags quadradas com ilustração de balões em forma de coração, uma com fundo azul e outra sem fundo. Os mesmos balõezinhos viraram tags com formato de coração. O sorvete também virou tag com forma de sorvete. A nuvem foi a única que eu colori digitalmente, a partir de uma nuvem que eu tinha feito em aquarela também, porque tinha gostado do formato, mas o colorido não ficou bom.

Cumprindo o compromisso de criar as primeiras tags inteiramente desenvolvidas por mim, ilustração e texto.

Aqui em cima, as tags prontas em cima do que eram só planos, já há muito tempo.

Fez diferença (e muita!) ter simplesmente começado, de alguma forma. Outras ideias surgiram, tanto para desenhos à mão, quanto digitais (que eu também gosto bastante de fazer). Eu tinha falado no post Abrindo o coração que fazer tags com ilustrações minhas era meu objetivo para esse ano. Tenho certeza que o ano ía acabar sem eu ter feito, sem eu ter achado que estava pronta, que o que fiz estava bom o suficiente, se não tivesse me forçado a isso. E levou só uma semana! 

Cumprindo o compromisso de criar as primeiras tags inteiramente desenvolvidas por mim, ilustração e texto.

Agora, qual é o próximo passo, o próximo desafio? Montar e disponibilizar a minha primeira aula online, outro objetivo lá do começo do ano. Ele estava marcado no planner para ser feito essa semana e postado na segunda-feira que vem, só que eu terei que comprar alguns materiais antes e por isso provavelmente só ficará pronto na outra semana. Mas posso adiantar que será um mini-álbum, simples de fazer e gostoso de decorar, do jeitinho que eu gosto. O tema do meu mini será infância, mas poderá ser adaptado para qualquer tema. Ele vai inaugurar o nosso (meu e da Selma) site de cursos.

Já que a aula vai precisar de 2 semanas em vez de uma, puxei outro objetivo da minha lista para mostrar ainda essa semana, na sexta-feira. Esse é bem leve e divertido: mostrar meu livro de receitas novo, aquele que mencionei no post sobre o planner e mostrei um pedacinho. Ele está em branco ainda, porque é tão lindinho que, de novo, fiquei paralisada, adiando começar a passar as receitas para ele, olha que absurdo, por medo de ficar feio, da letra sair horrível. Então tá marcado, sexta-feira eu mostro : )

Compromisso para a próxima semana, preencher e mostrar meu novo livro de receitas.

Posts relacionados

Share →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SIGA-ME

RECEBA AS POSTAGENS POR EMAIL:

Delivered by FeedBurner

© 2017 Luciana Murta

error: Conteúdo protegido