Decoração de interiores com reutilização de móveis: como transformei um armário em uma mesa de trabalho.

Minha mãe sempre conta que uma vez, uma amiga dela, a Vânia, estava fazendo arrumações em casa e ligou para ela no meio da tarde, perguntando, “Noemi, para que eu preciso de 13 fôrmas de pizza mesmo?” Pois esses dias eu me peguei aqui quase igual a Vânia. Olha que eu não sou acumuladora, muito pelo contrário, sou desapegada até demais. Mas percebi que, mesmo sendo tão desapegada e metida a organizada, acumulei coisas sem uso… Achei, por exemplo, uns 30 potinhos e garrafinhas de vidro que eu guardo para reutilizar. Lembrei das 13 fôrmas de pizza da Vânia. Para que mesmo eu preciso de 30 potinhos de vidro? 

Decoração de interiores com reutilização de móveis: como transformei um armário em uma mesa de trabalho.

Eu passei as duas últimas semanas fazendo um monte de arrumações por aqui. Acho que a casa da gente tem um ciclo, a gente arruma, organiza, otimiza, decora, fica tudo legal. Aí o tempo passa e aos poucos as coisas vão ficando fora de lugar de novo, as necessidades mudam, os filhos crescem, papéis se multiplicam, móveis entram, outros saem, e quando você vê, está precisando de uma reorganização geral. Aproveitei que tivemos que mexer na sala toda por causa de um conserto na parede e resolvi encarar. Embora tenha encontrado os potinhos de vidro e várias outras inutilidades (que já foram removidas), meu objetivo maior mesmo era eliminar um armário. 

Esse armário foi comprado em 2014, quando eu hospedei dois cunhados que vieram para a Copa do Mundo. Na época ele resolveu bem a questão, mas não é bonito e nem é lá da melhor qualidade.  Além disso, ocupava um espaço precioso no meu quarto. Depois que eu reorganizei a casa, consegui lugar para guardar o que estava nesse armário e desmontá-lo. Queria mostrar uma foto dele ainda no lugar, mas não lembrei de tirar uma foto no dia e não encontro nenhuma em que ele apareça. Ele era bem simples, todo branco, com 2 portas e 4 gavetas embaixo, media uns 90 cm de largura por 2,20 m de altura. 

Antes de atender meu impulso de colocar logo tudo para fora de casa, pensei em reaproveitar uma das peças do armário para substituir temporariamente o tampo de vidro da minha mesa. Explico: a mesa de vidro ficava na sala, como eu mostrei nessa postagem. Com a nova arrumação, sem o armário, ela veio para o quarto, mas o formato dela não é adequado ao espaço. Ela não cabe ao lado da minha cama e, na parede lateral, de onde saiu o armário, a profundidade dela (65 cm) deixava a passagem muito estreita. Minha primeira ideia era reaproveitar somente uma placa de 52 x 86 cm que saiu do armário, substituir o tampo de vidro sobre os cavaletes e manter a mesa ao lado da minha cama até poder comprar uma nova, mais adequada. Mas meus olhos brilharam quando eu olhei para a lateral do armário e visualizei uma mesona enorme : ) Como essa placa lateral só tem 52 cm de profundidade, ela poderia ficar no lugar do armário e a passagem ao lado da cama não seria prejudicada. Deu certo!

Antes de atender meu impulso de colocar logo tudo para fora de casa, pensei em reaproveitar uma das peças do armário para substituir temporariamente o tampo de vidro da minha mesa. Explico: a mesa de vidro ficava na sala, como eu mostrei nessa postagem. Com a nova arrumação, sem o armário, ela veio para o quarto, mas o formato dela não é adequado ao espaço. Ela não cabe ao lado da minha cama e, na parede lateral, de onde saiu o armário, a profundidade dela (65 cm) deixava a passagem muito estreita.

Minha primeira ideia era reaproveitar somente uma placa de 52 x 86 cm que saiu do armário, substituir o tampo de vidro sobre os cavaletes e manter a mesa ao lado da minha cama até poder comprar uma nova, mais adequada. Mas meus olhos brilharam quando eu olhei para a lateral do armário e visualizei uma mesona enorme : ) Como essa placa lateral só tem 52 cm de profundidade, ela poderia ficar no lugar do armário e a passagem ao lado da cama não seria prejudicada. Deu certo!

Decoração de interiores com reutilização de móveis: como transformei um armário em uma mesa de trabalho.

Decoração de interiores com reutilização de móveis: como transformei um armário em uma mesa de trabalho.

Para a mesa ficar mais firme, usei as duas laterais (duas placas de 219 x 52 cm) uma sobre a outra. Os cavaletes são os mesmos onde ficava o tampo de vidro, ou seja, me livrei do armário e ganhei uma mesa enorme, sem precisar gastar nadinha. Ela ocupou toda a parede, me dando muito espaço para trabalhar. São 2,19 m de mesa e ainda fiquei mais perto da janela, com mais luz natural.

Decoração de interiores com reutilização de móveis: como transformei um armário em uma mesa de trabalho.

Ao lado da cama coloquei meu gaveteiro, que antes ficava ao lado do armário que se foi. Concentrei nele todos os papéis que uso para impressão, além de materiais de papelaria.

Decoração de interiores com reutilização de móveis: como transformei um armário em uma mesa de trabalho.

As placas mais finas, do fundo do armário, também foram reaproveitadas. Uma embaixo da mesa, para esconder tomadas e fios, e outra menor, em cima da mesa, também escondeu alguns fios que descem pela lateral da tv. Essa virou quadro de recados, depois de receber tinta spray dourada e luzinhas de led. 

Decoração de interiores com reutilização de móveis: como transformei um armário em uma mesa de trabalho.

Decoração de interiores com reutilização de móveis: como transformei um armário em uma mesa de trabalho.

Decoração de interiores com reutilização de móveis: como transformei um armário em uma mesa de trabalho.

Decoração de interiores com reutilização de móveis: como transformei um armário em uma mesa de trabalho.

Decoração de interiores com reutilização de móveis: como transformei um armário em uma mesa de trabalho.

Decoração de interiores com reutilização de móveis: como transformei um armário em uma mesa de trabalho.

A minha outra escrivaninha, onde eu trabalhava antes, continua lá no mesmo lugar, agora com o notebook, alguns materiais e pastas de organização da loja virtual. 

Decoração de interiores com reutilização de móveis: como transformei um armário em uma mesa de trabalho.

Posts relacionados

Share →

4 Responses to As 13 fôrmas de pizza e o armário que virou mesa

  1. Luzia disse:

    Ficou uma graça , bem delicado !!!! ❤

  2. Adorei, quando vi o tampo imaginei ele muito fino – porque tenho desse tipo de móvel aqui – e fiquei pensando que com o peso e por ele ser muito extenso poderia até quebrar mas depois fui lendo e achei ótima a ideia de usar os dois e ainda o fundo. Muito bem bonita e funcional.

    • Luciana Murta disse:

      Oi Angel, quanto tempo! : ) Sim, com 2 ficou bem mais firme, mas mesmo assim eu procurei colocar as coisas mais pesadas nos pontos em cima dos cavaletes.

      Beijos e obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SIGA-ME

RECEBA AS POSTAGENS POR EMAIL:

Delivered by FeedBurner

© 2017 Luciana Murta

error: Conteúdo protegido